Novo recorde sul-americano de corrida em esteira

A brasileira, Débora Simas, de 48 anos, é a nova recordista sul-americana de corrida em esteira

A ultramaratonista percorreu 800,61 km em sete dias, a atleta catarinense deu início ao desafio no dia 14 de julho e finalizou a maratona às 12h do domingo (21). O evento, realizado no vão central do Beiramar Shopping, contou com a presença de atletas, familiares e amigos.

A atleta desceu da esteira depois de sete dias com dois importantes títulos: a catarinense Débora Simas, que há 25 anos escolheu Floripa para morar, é a nova detentora dos recordes brasileiro e sul americano de corrida em esteira.

Relógio com GPS

Deby, como é chamada pelos familiares e amigos virou celebridade nos dias em que esteve sobre uma esteira tentando quebrar o recorde mundial.

Recorde na esteira

“Era mais do que um sonho, era uma vontade de provar para mim e para todas as pessoas, que a gente é mais forte do que pensa e é capaz de ir além dos limites. Infelizmente o recorde não veio”, explica Débora.

Entre corrida e caminhada, ela permaneceu por mais de 20 horas por dia em cima da esteira, com pausas estratégicas apenas para idas ao banheiro e descansos. Ao todo, foram 168 horas de desafio, iniciadas no dia 14 de julho.

RECORDE MUNDIAL

O objetivo inicial era alcançar o recorde mundial da britânica Sharon Gayter e ultrapassar a marca de 833 quilômetros e 5 metros em esteira durante sete dias. Faltaram apenas 32,44 km para o feito, mas Débora terminou o desafio com um sorriso no rosto e com uma determinação.

“Eu não vou desistir. Descobri nestes sete dias uma força que eu não imaginava ter e, acima de tudo, um apoio incondicional de pessoas que sequer me conheciam, mas que não mediram esforços para me apoiar, me mandar boas energias, para estar ao meu lado na busca deste sonho”, comentou Débora.

MASCULINO

O ultramaratonista brasileiro Márcio Vilar, detentor do recorde masculino, que é de 827km16m correndo em esteira durante sete dias.

 


Fonte: DNMAIS