8 dicas para ter disposição e treinar de manhã

Sair da cama quentinha pode ser a sua maior dificuldade, mas é tudo uma questão de foco e planejamento

No livro “Correr” (2015, Companhia das Letras),  o Dr. Drauzio Varella, que além de médico é um grande corredor maratonista, dá uma valiosa dica que eu aprendi e prático no dia a dia.

“Tocou o despertador, levanto, tiro o pijama e visto o calção, camiseta, calça e o tênis e aí vou para o banheiro. Quando estamos deitados, ficamos inventando mentiras para a gente mesmo.”

Eu selecionei 8 outras dicas para você ter disposição de treinar logo de manhã:

1 – tenha um cronograma de treinos (planilha).

Ter as planilhas de treino semanal feitas por uma assessoria esportiva com orientação de um profissional é uma grande ajuda para fazer um bom planejamento das atividades de cada dia.

2 – deixe o despertador longe da cama, a caminhadinha para desligá-lo já tira um pouco da moleza.

Aqui a intenção é dificultar que a preguiça nos deixe na cama. Então, o celular deve ficar bem longe da cama, nos obrigando a levantar.

3 – organize suas roupas, acessórios e alimentação na noite anterior.

Deixar tudo fácil para o treino ajuda muito na decisão de sair de casa. Se tiver que procurar os acessórios de manhã, essa decisão fica mais complicada.

4 – durma, se possível, já com uma peça da roupa de treino, pode ser as meias.

Neste caso, além de ser mais prático, ainda passa uma mensagem para a mente de que na manhã seguinte terá treino.

5 – quando o relógio despertar, coloque imediatamente o tênis, só depois vá fazer as outras coisas.

Essa dica tem relação com a anterior. Assim como vestir o pijama e as pantufas passa a mensagem de que é hora de relaxar e dormir,  ao colocar o tênis a nossa mente já passa uma mensagem de que “agora vai”.

6 – saia rápido de casa, a preguiça é muito persuasiva e ela mora dentro do seu quarto.

O difícil não é treinar de manhã, é sair para treinar de manhã. A atitude de sair é muito difícil, mas quando saímos tudo fica mais legal e flui naturalmente, pelo meno para mim. Então, saia rápido de casa.

7 – quando sair, comemore por ter vencido a preguiça. A nossa mente gosta de comemorar e vai querer mais no outro dia.

Isto esta bastante associado a construção de hábitos e a teoria do Poder do Hábito escrito por Charles Duhigg, onde a recompensa é o fator principal para solidificar um comportamento. Quando você diz a você mesmo “você mandou bem!” o nosso cérebro cria uma forte conexão entre esta recompensa e o comportamento que te levou a ela.

8 – tenha um “porque” grande e desafiador: seu alvo, seu objetivo, sua meta.

Por que acordar cedo quando eu poderia estar na cama quentinha por mais 1h30?

Na sua cabeça deve estar a sua meta, o seu objetivo a curto, medio ou longo prazo, algo que é importante para você: emagrecer, ter mais saúde para acompanhar o crescimento dos filhos, fazer seu recorde em uma meia maratona, treinar para sua maratona. Qualquer “porque” que seja seu motivador.

 

Um grande abraço, cuide-se e seja feliz!

Ed | @boacorrida