Norte-americanos vencem o Ironman Brasil 2019, em Floripa

Andrew Potts é o primeiro entre os homens, enquanto Sarah Piampiano fatura a prova entre as mulheres e bate o recorde da elite feminina em Florianópolis

Os campeões do Ironman Brasil, em Florianópolis, são dos Estados Unidos. Entre os homens, o vencedor foi Andrew Potts, que completou a prova de triatlo de resistência em 8h02m57s. Já a primeira colocada entre as mulheres foi Sarah Piampiano, com o tempo de 8h40m48s. Ainda, a norte-americana ganhou com recorde da prova em Floripa e quinta melhor marca da modalidade. O evento esportivo é realizado pelo 19º seguido em Florianópolis, e reúne mais de 1,5 mil atletas de 38 países.

Vice em 2018, Sarah Pampiano, retornou ao Brasil para garantir o título com recorde, no tempo de 8h40min48seg – o anterior era de Susie Cheetham (GBR), 8h52min00s – para os 3,8 km de natação, 180,2 km de ciclismo e 42.1 km. Sarah chegou a Florianópolis com nove títulos da modalidade, além de um vice-campeonato no ano passado.

Entre os brasileiros, o destaque foi a capixaba radicada em Balneário Camboriú, Pâmella Oliveira. Em sua estreia na distância, ela terminou em segundo, com o 9h03m46s. Já entre os homens, o melhor foi o gaúcho Frank Silvestrin, com o terceiro lugar e o tempo de 8h10m19s. Ele garantiu a vaga para o Mundial Ironman em Kona (Havaí) deste ano, programado para outubro. Tido como um dos favoritos, campeão em 2014 e vice no ano passado, Igor Amorelli não teve um bom dia, terminando em 17º – ele encerrou a prova caminhando.

A prova

Um dos grandes nomes do triatlo mundial, sete vezes top ten em Kona, Potts estreou no Brasil. Ele tomou a liderança faltando 20km para o término do ciclismo. Após os 3,8 mil metros de natação, o britânico William Clarke e o brasileiro Igor Amorelli estavam na frente, mas bem próximos sobre as bicicletas. Com 2h53m nos 42km corrida o norte-americano passou a linha de chegada em primeiro.

– Que lugar fantástico para correr! Foi uma prova excelente, com o público incentivando o tempo inteiro. É incrível correr com tantas pessoas apoiando e entendendo o verdadeiro espírito do Ironman. Sinto-me honrado em vencer essa prova. Competir um Ironman é sempre uma experiência única. Você pode largar a mesma prova vinte vezes e serão vinte momentos diferentes. A gente nunca sabe como será a corrida até terminar – falou o campeão, depois de cruzar a linha de chegada.

William Clarke foi o segundo, três minutos e meio atrás. O melhor brasileiro foi Frank Silvestrin, com o tempo de 8h10m19s. A comemoração dele foi grande. Não apenas pela vaga no Mundial de Ironman. É que nesta segunda-feira ele completa 37 anos.

Pâmella Oliveira (BRA)Já entre as mulheres, o roteiro foi parecido. Piampiano estava em segundo no ciclismo e tomou a dianteira na segunda metade do ciclismo. A líder, até então era a brasileira Pâmella Oliveira (foto). Com ritmo forte, a norte-americana assegurou a décima conquista da carreira em Florianópolis e nada menos que o quinto melhor tempo da história do triatlo feminino.

– A atmosfera aqui é muito boa e o clima hoje estava perfeito. Essa é a minha melhor marca da carreira. Foi um dia incrível e poder vencer aqui, com todo esse público apoiando, torna o momento ainda mais especial; Gostaria de parabenizar a Pâmella pelo grande desempenho em sua estreia- declarou atleta de 39 anos.

– Estou feliz com a minha estreia e com o resultado. Gostaria de ter baixado de nove horas, mas para a primeira vez está excelente. Sei que tenho alguns pontos pra melhorar é isso me motiva para buscar melhores resultados – comentou Pâmella.

O término de toda a prova, com a passagem dos triatletas amadores, está prevista para a meia-noite. Todos os participantes têm até 17 horas para a conclusão do percurso.

Resultados oficiais 

Masculino

1º Andrew Potts (EUA) – 8h02min57seg

2º William Clarke (GBR) – 8h06min30seg

3º Frank Silvestrin (BRA) – 8h10min19seg

Feminino

1ª Sarah Piampiano (EUA) – 8h40min48seg – recorde

2ª Pâmella Oliveira (BRA) – 9h03min46seg

3ª Bruna Mahn (BRA) – 9h16min55seg


Fonte: NSC Total

Deixe uma resposta