Empresa de SP incentiva prática da corrida de rua entre colaboradores

Criado em 2015, o programa de corrida e caminhada, da Gocil Segurança & Serviços, conta com um grupo com cerca de 60 colaboradores rotativos, que correm após o expediente

Cada vez mais as empresas se preocupam com a qualidade de vida dos seus funcionários e utilizam o esporte como instrumento de estímulo. Na Gocil Segurança e Serviços, empresa da área de segurança privada há 33 anos no mercado, a corrida de rua é uma das atividades preferidas entre as equipes. Ao final do expediente, os colaboradores se reúnem as terças e quintas-feiras para correrem.

17000782982_841f758026_kO programa tem por objetivo a integração entre os colaboradores, assim como a melhora nos aspectos físico e emocional. “As equipes saem da unidade Berrini e são formadas por até 60 pessoas, que correm as terças e quintas-feiras após o expediente. A atividade tem duração de 1h40, intercalando caminhada, corrida e atividades funcionais. Todo plano de exercícios é personalizado para cada aluno, de acordo com o seu condicionamento físico”, explica Luana Souza, gerente de RH.

Para acompanhar esse processo, a Gocil conta com uma consultoria especializada feita por dois professores. “Mesmo em dias de chuva, atividades como pilates e funcional também são realizadas, só que dentro da própria empresa. É notória a melhora física dos profissionais que integram a equipe”, conta Luana.

Histórias que inspiram

Desde que começou a correr, Silvia Domiciano, 55, gerente de logística da Gocil, teve uma diminuição nas dores musculares que sentia sempre, melhorou a postura e também a disposição. Diagnosticada com pressão alta, teve orientação do médico de que se permanecer nesta rotina os sintomas desaparecerão no decorrer do tempo.

“A melhor parte do programa é a possibilidade de viver momentos de descontração com pessoas do ambiente de trabalho, e que o fato de ser ao ar livre, inibe a pressão que algumas pessoas sentem em relação a ambientes de academia”, conta.

O gerente de contratos e custos da Gocil, Diego Felix de Oliveira, 33, também deu um salto em três anos de participação do programa de saúde da empresa. “Corria apenas 2 km. Agora, completo de 10 a 15 km facilmente”, diz orgulhoso.

O entusiasmo do colaborador às corridas também o estimulou a participar de diferentes corrida de obstáculos e provas internacionais, como a São Silvestre. “Eu não praticava nenhum tipo de exercício e, desde que comecei a correr com o grupo, só tive benefícios em termos de saúde. Já participamos de várias provas, em algumas delas, como a Bravus Race, a equipe chegou a se preparar cerca de um ano antes”.

De acordo com ele, os relacionamentos com outros colaboradores da empresa também são fortalecidos devido à proximidade durante as atividades. “O programa também nos possibilita a viver momentos de descontração com pessoas do ambiente de trabalho, afinal é o momento que temos para fazer integração com outros departamentos”, conclui.

 


Fonte: Comunicação da Gocil Segurança & Serviços

Foto: Paulo Pampolin