A qualidade da alimentação é tão fundamental quanto a qualidade dos treinos para as Boas Corridas

Para quem está dando os primeiros passos no universo das corridas, ou quer aprimorar seu desempenho, existe um ponto muito em comum: Sem energia, não se chegará ao objetivo. Se você busca melhorar sua corrida, fatores como fortalecimento, prevenção de lesões, descanso, devem estar sempre como requisitos.

Porém, em alguns casos, um fator é negligenciado e pode ser o ponto principal para sua evolução: a alimentação. Saber o que comer pré, durante (Sim. Em algumas distâncias é muito importante) e pós-corrida é fundamental em diversos aspectos. Você conhece os alimentos para sua corrida mais adequados? Veja alguns dos benefícios:

– Melhorar seu sono;

– Acelerar sua recuperação;

– Dar mais energia para seu treino;

– Manter o desempenho em provas de longa distância;

– Manutenção ou perda de peso sem queda de rendimento e energia;

Esses são apenas alguns dos vários benefícios de cuidar da alimentação, buscando melhorar sua corrida. Para isso, separamos 6 alimentos para sua corrida e que você deve inserir em sua rotina agora mesmo, e promover esse objetivo. Vamos conferir?

Beterraba

Rica em carboidratos complexos, fibras, vitaminas e minerais, a beterraba possui substâncias que promovem maior vasodilatação ( o que permite maior transporte e uso de oxigênio e nutrientes para seus músculos). Esse benefício auxilia principalmente condições de pré-treino, aumentando a circulação e volume de sangue, deixando o corpo mais desperto para a atividade. Uma ótima opção para o consumo é transformá-la em suco.

Cenoura

Fonte rica de vitamina A, ajuda a manter forte o seu sistema imunológico, ao mesmo tempo em que tem poucas calorias. Uma ótima alternativa para inserir em lanches, visando manter ou perder peso. O consumo puro ou cru também ajuda na saciedade e evita rompantes de consumo de comida, muito comum em corredores de longa distância.

Pasta de amendoim

Outra excelente opção para manutenção ou perda de peso, por proporcionar saciedade. Fonte de proteína, necessária para a construção e a reparação de músculos danificados durante o treinamento. Além disso, é uma gordura boa (necessária ao consumo) e não tem colesterol.

Banana

Umas das opções de alimentação mais conhecidas entre corredores, tanto pré, quanto durante e pós-treino. Além de prática, a banana é rica em potássio e tem carboidrato na medida certa (cerca de 20 g em uma unidade), além de fósforo, magnésio, cálcio e fibras.

Porém, um alerta: é de difícil digestão para algumas pessoas. Por isso, vale o teste inicialmente em distâncias mais curtas, antes de experimentar como opção de ingestão pré e durante o treino.

Ovo

Alimento sempre muito controverso, satisfaz quase 10 a 15% da necessidade proteica diária do corpo, além de ajudar na reparação e na recuperação muscular, muito importante para os corredores. Muitos suplementos se valem de elementos do ovo para melhorar os resultados.

Outro benefício: ele fornece cerca de 30% da quantidade recomendada de vitamina K, que é essencial para a saúde óssea. Cozido, como omelete, frito…são diversas as opções de consumo.


FONTE: PaceFit Assessoria Esportiva