Dez dicas para encarar os Dez mil metros, a distância preferia da maioria dos corredores

As corridas de 10 km são consideradas as “queridinhas do público”. Essa grande popularidade acontece em parte por ser uma distância desafiadora, mas possível, para quem ainda está dando os primeiros passos na corrida. Por isso, escolher uma prova para estrear seus primeiros 10 km não é uma tarefa das mais difíceis.

Os 10 km também é uma distância muito boa para se desenvolver no quesito velocidade, pois o tempo de corrida (que pode variar de 35 minutos até 1h30 entre amadores) acaba não sendo um volume tão inalcançável para um iniciante, comparado a uma meia maratona (21 km) ou maratona (42 km).

Mas para que essa experiência seja inesquecível e a primeira de muitas, separamos 10 dicas bem legais que você precisa fazer para superar seus primeiros 10 km. Vamos lá?

Escolha uma corrida de 10 km conhecida

Isso mesmo. Procure uma prova conhecida e considerada “grande” em termos de estrutura e participantes é o melhor caminho. Dicas de amigos que já correm sempre são bem vindas. Isso garantirá a você uma experiência melhor em todas as etapas, desde a retirada do kit, a feira pré-prova, sinalização durante a corrida, uma medalha bacana, etc.

Além disso, Uma corrida com mais de 5 mil pessoas dá uma dimensão desse universo, e pode motivá-lo a sair dali já pensando na próxima.

Antecipe-se na compra

Escolher uma prova com antecedência trás grandes vantagens, tanto na preparação (próximo tópico) quanto na parte financeira. Muitas vezes, inscrições com 3 a 6 meses de antecedência podem custar até 40% mais baratas em relação à compra dias antes da prova.

Você também corre o risco de perder as inscrições, pois elas podem se esgotar rapidamente. Para terem uma ideia, as inscrições da corrida de São Silvestre costumam se esgotar de 4 a 5 meses antes.

Antecipe-se na preparação

Após escolher a prova de 10 km, começa sua preparação para a corrida. E nesse cenário, tempo para treinar conta muito. Um bom planejamento para essa distância deve ter pelo menos de 3 a 6 meses.

 Priorize provas planas

Por ser sua estreia na distância, optar por uma prova predominantemente plana pode te ajudar não apenas com a preparação, mas com o nível de dificuldade durante a prova. Numa estreia, sempre é mais interessante buscar opções menos desgastantes.

Alterne caminhadas com corridas

Na necessidade de aumentar o volume de treinar para encarar os 10km, muitos corredores erroneamente não inserem caminhadas durante os treinos, optando por tentar correr o tempo todo. Essa opção pode desgastar músculos e articulações, além de trazerem mais impactos na parte física.

Cada caso deve ser tratado de forma individualizada (correr o tempo todo ou não), e com certeza ter uma orientação personalizada (próximo tópico) ajudará você a planejar caminhadas ou não durante os treinos mais longos, se adaptando melhor à distância.

Procure suporte especializado (Assessoria Esportiva)

Ter um acompanhamento direcionado e específico para seus primeiros 10 km é fundamental. As assessorias esportivas garantem a você um ambiente de corredores com objetivos semelhantes, treinos direcionados, e ajustes específicos.

Além disso, a maior parte das assessorias elabora planilhas de treinamento para você realizar a qualquer hora e local, se adaptando a sua rotina e dando flexibilidade.

Não treinar a distância durante a preparação

Irá encarar pela primeira vez os 10 km? Então não realize a distância durante os treinos. Os 10 km devem ser como uma progressão natural de distância, e que é alcançada no dia da prova. Realizar antes, além de “tirar” a expectativa da conquista, pode levar a um desgaste que você pode não se recuperar a tempo para a prova.

Chegue cedo para a prova

A maior parte das pessoas que não correm não tem noção do quanto um evento de corrida mobiliza pessoas e podem complicar o trânsito, mesmo em horários considerados bem cedo. Sair com antecedência, se organizando para chegar de 40 a 60 minutos antes no local do evento, garantirá a você tranquilidade para se arrumar com calma, ir ao banheiro, e encontrar seu local de largada.

Não se exija performance

Não se preocupe tanto com o melhor rendimento em sua primeira prova. É um período de descoberta e ganho de experiência. O mais importante na estreia é terminar bem, com boas condições físicas, sem se “arrastar”. Com o tempo, o quesito performance entrará nas metas naturalmente.

Curta a experiência

Não se coloque pressão demais, não se exija demais, não deixe o nervosismo atrapalhar essa experiência tão transformadora. Curta o dia, o momento. Olhe as pessoas ao redor. Aproveite a largada e, principalmente, a chegada. Afinal, só se estreia uma vez na vida.

 


AUTOR:

Darlan Duarte – Gestor e treinador da Pacefit Assessoria Esportiva

Pós-graduado em Biomecânica do Esporte e Treinamento Desportivo pela (FMU)

@darlanduarte

www.pacefit.com.br