CONHEÇA OS TIPOS DE SUPLEMENTOS E QUAIS OS BENEFÍCIOS PARA O ORGANISMO

*Por Viviane Kim

Sabemos que muitas pessoas recorrem aos suplementos alimentares para melhorar seu desempenho esportivo e também para repor alguns nutrientes. Muitos deles são produzidos especialmente para complementar a refeição e até mesmo para auxiliar no ganho de massa muscular.

Por conter vitaminas, minerais, ferro, zinco, creatina e até algumas outras substâncias como a spirulina, esses suplementos são considerados importantes para a saúde. Porém, a maioria das pessoas não tem conhecimento dos seus benefícios, e é sobre isso que queremos falar.

Diferente do que muitos pensam, os suplementos servem como complemento de uma alimentação saudável e não para substituir uma dieta balanceada. Eles podem ser indicados para prevenir doenças cardiovasculares, diabetes, colesterol, hipertensão e combater o envelhecimento (Suplemento Alimentar Antioxidante), além de auxiliar no processo de emagrecimento (Suplemento Alimentar Termogênico), no ganho de peso (Suplemento Alimentar Hipercalórico), e, principalmente, para completar a falta de nutrientes necessários para o bom funcionamento do organismo.

O consumo dessas substâncias se dá de diversas formas, por cápsulas, comprimidos, pó, bebida pronta, ou até mesmo bala de goma. Algumas delas são bem conhecidas no mercado, por conter nutrientes importantes, como polivitamínico, minerais e uma quantidade significativa de proteínas e carboidratos que ajudam na recomposição.

No que se refere aos suplementos esportivos, eles podem ser divididos em diversos grupos: repositores energéticos, hidroeletrolíticos, alimentos proteicos (para auxiliar no ganho de massa muscular), compensadores e aminoácidos de cadeia ramificada. É importante destacar que todos esses possuem o mesmo objetivo, aumentar o desempenho do atleta e suprir os nutrientes necessários para a recuperação muscular. Dentre as opções existentes no mercado, os mais populares são o Whey Protein, proteína isolada de arroz ou de ervilha, albumina e caseína; e BBCA e Glutamina, que são aminoácidos isolados, multivitamínicos e minerais.

Se você pensa em inserir os suplementos alimentares na sua dieta, lembre-se, assim como a falta dos nutrientes é nociva para a saúde, o consumo excessivo também pode comprometer o bom funcionamento do organismo. Por isso não se esqueça de procurar um médico ou nutricionista para melhor orientá-lo sobre quais produtos consumir.

*Viviane Kim, nutricionista da Liv Up, startup de alimentação que traz para o mercado um mix de refeições, unindo praticidade com sabor de comida feita na hora e com o melhor custo do mercado.

 


FONTE: PiaR COMUNICAÇÃO